Boas notícias para rugas: dispositivo de massagem para pele ajuda as células a se regenerarem
Diversidades

Os cientistas da L'Oréal avançaram além dos limites da inovação anti-envelhecimento: exploraram os processos mecanobiológicos, mediram os efeitos dos estímulos mecânicos sobre as células da pele e projetaram um dispositivo de massagem.

Este estudo de exploração foi publicado em  PLOS ONE em 1 de março de 2017.

Com a idade, a pele perde sua rigidez e elasticidade. As rugas e flacidez são a parte mais visível do processo de envelhecimento. A fim de combater este processo, ou pelo menos ajudar as células da pele a se regenerarem mais rápido, as equipes de pesquisa inovam em cremes antienvelhecimento e soluções de cuidados da pele.

A etapa seguinte era apresentar um dispositivo massageador complementar. O uso do dispositivo conduziu a uma maior taxa de expressão das proteínas da derme (pele). Os cientistas mediram tanto pela combinação do creme antienvelhecimento e o dispositivo em estímulos in vivo e ex vivo, ou seja, estimuladas dentro e fora do organismo.

O estímulo mecânico da massagem da pele tem provado ser uma resposta antienvelhecimento nova, complementar e muito benéfico para a condição da pele.