Jean-Paul Agon, presidente e CEO da L’Oréal, é eleito pela Harvard Business Review como um dos executivos com melhor desempenho em 2017
Grupo L´Oréal

CEO da Companhia desde 2006, Agon também foi reconhecido pelo ranking no ano passado

Jean-Paul Agon

Pelo segunda ano seguido, Jean-Paul Agon, CEO global do Grupo L’Oréal, é considerado um dos executivos-chefes com melhor desempenho no mercado internacional, de acordo com a Harvard Business Review. O resultado foi divulgado na primeira semana de novembro e o ranking é um dos principais do segmento que avalia o trabalho e liderança de gestores de companhias espalhadas pelo mundo. Em 2017, a revista escolheu 100 líderes para integrar a lista dos executivos que tiveram a melhor performance nos setores que atuam.


A metodologia da Harvard Business Review se destaca por não se basear avaliações e métricas de curto prazo. A publicação analisa o desempenho construído em todo o mandato e também avalia todo o histórico de resultados de um executivo-chefe em uma multinacional. Jean-Paul Agon foi nomeado CEO em 2006, no entanto, sua história no Grupo começou a ser construída em 1978, quando ingressou na L’Oréal depois de se formar na Escola Internacional de Administração HEC.


A afinidade com o marketing e a indústria de cosméticos fez com que  assumisse, em 1981, a gerência da L’Oréal Grécia, onde teve o desafio reverter algumas dificuldades que a sede passava no momento. Nos anos seguintes, Agon assumiu a diretoria em diversas localidades do mundo, como Alemanha, Ásia e Estados Unidos - com o propósito de consolidar a Companhia em seus respectivos mercados e conquistar a participação em todas as categorias de atuação. Em 2006, Jean-Paul foi nomeado CEO da L’Oréal por representar a energia e visão de negócio do Grupo.