Consumo Sustentável: O que a L'Oréal tem feito para tornar seus consumidores mais conscientes?
Grupo L´Oréal

Em parceria com Instituto Akatu, companhia busca envolver o público das marcas em iniciativas de sustentabilidade

O Sharing Beauty With All representa o compromisso da L’Oréal com o futuro do planeta.  Produzir com menos impacto à natureza e ao ambiente social é um dos principais desafios das empresas na atualidade, por isso, entendemos que é preciso buscar alternativas conscientes para fazer mais com menos. Em 15 de outubro foi celebrado o Dia do Consumo Consciente, tema que está ligado ao processo de produção das empresas e também ao que fazem para tornar os consumidores mais informados sobre os efeitos de suas decisões de consumo. Há dois anos, a L’Oréal Brasil mantém uma parceria com o Instituto Akatu, especialista em mobilizações sobre consumo consciente, para consultoria e auxílio no desenvolvimento de iniciativas dentro da companhia.  

Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da L’Oréal Brasil, ressalta que essa é uma responsabilidade que o grupo abraçou por entender o papel que exerce na sociedade e na inspiração dos costumes de consumo. “Quando se é a empresa líder em cosméticos no mundo, é imprescindível que haja um forte engajamento. O Sharing Beauty With All é a melhor resposta que damos ao planeta sobre consumo consciente. Nos preocupamos com o impacto, a imagem e o legado que deixaremos para o mundo”, pontuou.  

Fazer mais com menos: como colocar o conceito em prática? 

Os resultados desde a criação do compromisso de sustentabilidade do grupo mostram redução de emissão de CO2 nas operações e diminuição do uso de água e desgaste de matérias-primas. No dia a dia de trabalho, pequenas mudanças também podem representar avanços importantes, como diminuir a impressão de papéis e compartilhar viagens em um táxi, por exemplo. Renata Soares, Diretora-executiva do Instituto Akatu, explica que a filosofia de consumo consciente busca uma reestruturação na forma como produtos e serviços são desenvolvidos em um ciclo de produção, pensando nas consequências positivas e negativas à economia, sociedade e meio-ambiente.  

Para ela, há uma mudança de comportamento do consumidor em relação a como as empresas lidam com o consumo e o impacto ao meio ambiente. “Qualquer empresa de bens ou serviços pode propagar a mensagem do consumo consciente. Essa é uma questão de sobrevivência no mercado a médio e a longo prazo. A medida em que o consumidor fica mais bem informado e exigente – o que gradualmente já está acontecendo – ele irá se alinhar com marcas que compartilhem os seus valores”, destaca. 

O desafio do Grupo L’Oréal 

A população mundial consome 60% de recursos naturais a mais do que o planeta pode recuperar. Para a L’Oréal, um dos principais desafios é direcionar cada marca para educar o próprio público a ser mais consciente em suas decisões de consumo. Maya Colombani explica que a companhia tem estimulado cada divisão de trabalho a comunicar isso em todas as oportunidades. "Nós precisamos educar o consumidor com coisas possíveis de serem aplicadas na rotina, como economizar água na hora que for usar nossos produtos para lavar o cabelo no banho, evitar desperdício de água quente - que é uma das fontes mais fortes de emissão de CO2 -  ou como descartar corretamente as embalagens”, destaca.  

Como meta do Sharing Beauty With All, a L’Oréal pretende implantar iniciativas em todos os polos no mundo até 2020. “As marcas precisam consolidar esse discurso e se tornar um protagonista ativo do consumo consciente por meio da comunicação e educação do seu consumidor”, conclui Maya. O objetivo é tornar os consumidores capazes de fazer escolhas sustentáveis de consumo para preservar e proteger os recursos naturais da Terra.