Casa das Belezas: parceria entre L’Oréal Brasil e instituição Casa do Menor leva formação profissional para moradores de Nova Iguaçu
Grupo L´Oréal

Cerca de 90 pessoas participam de curso de auxiliar de cabeleireiro com produtos Niely

Casa das Belezas: parceria entre L’Oréal Brasil e instituição Casa do Menor leva formação profissional para moradores de Nova Iguaçu

Como parte do objetivo de promover a profissionalização da beleza pelo mundo, a L’Oréal Brasil inaugurou o projeto Casa das Belezas na organização social Casa do Menor, em Nova Iguaçu (RJ), no dia 28 de agosto. Cerca de 90 pessoas de comunidades carentes do município da Baixada Fluminense já começaram a aprender como utilizar os produtos da Niely de forma profissional. O curso gratuito de auxiliar de cabeleireiro certificará os alunos para que tenham a oportunidade de desenvolver o potencial em uma nova profissão. O projeto faz parte dos quatro pilares do Sharing Beauty With All, o compromisso de sustentabilidade da L'Oréal, e é uma das prioridades de atuação para ajudar as comunidades em que o grupo está inserido (a fábrica de Niely fica em Nova Iguaçu) a se desenvolverem de forma mais sustentável e inclusiva.


A Casa do Menor funciona desde 1986 em duas unidades na cidade e uma das principais ações é a formação profissional de jovens e adultos. O curso de auxiliar de cabeleireiro já existia na instituição. Com a chegada da L’Oréal, a metodologia de formação foi toda reformulada, desde a estrutura física até a capacitação das professoras pelo Instituto L’Oréal. De acordo com Jacqueline Sousa, Coordenadora Nacional de Formação da Divisão de Produtos de Grande Público (DPGP), as professoras foram educadas em nível profissional para aprenderem técnicas capilares. Além disso, tiveram um treinamento para entenderem as características e funcionalidades dos produtos da Niely. “Elas foram formadas com novas técnicas de trabalho, mas também foi muito importante passar para elas a melhor forma de utilizar todos os produtos da marca”, explicou.


A escolha da Niely para direcionar o curso foi pensada pelos organizadores para tornar a profissão mais acessível para os participantes. “Ao utilizar produtos 100% profissionais, eles não teriam acesso por conta do alto investimento após o curso. Com Niely, a ideia é que possam trabalhar com produtos de qualidade, que proporcionam resultados profissionais e com baixo custo”, destaca Jacqueline. A educadora acredita que a certificação da L’Oréal abrirá caminhos para que possam trabalhar em qualquer salão de beleza ou que montem o próprio negócio: “A nossa intenção é possibilitar uma profissão para aumentar a renda familiar e mudar a vida dessas pessoas”.


Profissionalização da Beleza: como impactar as comunidades?


A Casa das Belezas faz parte do projeto internacional de inclusão feminina e social da Fundação L’Oréal, o Beauty for Better Life. Um dos objetivos do programa é proporcionar treinamentos para que as pessoas encontrem motivação para o desenvolvimento profissional em uma das expertises da companhia, com as categorias capilar ou de maquiagem.


Para Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade do Sharing Beauty With All, o grupo acredita que é importante promover um impacto positivo nas comunidades em que a companhia está inserida. “O Brasil é um país com o desafio de oferecer oportunidades para todos crescerem. Nós percebemos que a Casa do Menor tem uma história muito forte de assistência às famílias de baixa renda. A intenção da L’Oréal, portanto, é oferecer um curso de alto nível para promover a inclusão profissional dessas comunidades no mercado de beleza”, ressaltou.


Acompanhamento da L’Oréal em todos os processos


As duas salas da Casa do Menor que já ofereciam o curso antes da parceria com a L’Oréal passaram por uma reforma para receber as seis novas turmas. Os espaços ganharam novos equipamentos, como lavatórios e poltronas, e também passaram por uma melhoria estética, com nova pintura. Haverá ainda o acompanhamento de todo o trabalho desenvolvido durante as aulas. Três educadoras da L’Oréal vão supervisionar o cronograma de aulas, a aplicação teórica e também as atividades práticas do curso.


Além disso, foi criado um módulo para que os alunos também tenham mais propriedade para procurar um trabalho na área. O workshop ministrado por Amariles Bevilaqua, Gerente de Recursos Humanos da Niely, vai mostrar desde como criar um currículo atraente até apresentar fontes de recrutamento em empresas do setor. “O treinamento tem um objetivo bem prático para complementar a visão de formar, qualificar e preparar para o mercado de trabalho. Nosso objetivo é oferecer um conhecimento consistente, e promover condições para que possa competir com segurança nos processos seletivos dos quais irá participar”, afirmou Amariles.


Com funciona o curso?


O curso de auxiliar de cabeleireiro terá duração de quatro meses. As seis turmas de 15 alunos - quatro na unidade do bairro Miguel Couto e duas em Rosa dos Ventos - passam por uma parte de desenvolvimento teórico com uma apostila criada pelo time de educadores da Niely. A maior parte das aulas, porém, será focada em conteúdos práticos, como técnicas de lavagem, de separação de cabelo e utilização dos produtos para procedimentos capilares. A parceria da L’Oréal com a instituição avalia a continuidade do curso, com novas turmas iniciantes e um módulo avançado.