Conheça as iniciativas da L’Oréal Brasil para as colaboradoras que são mães
Grupo L´Oréal

Licença maternidade estendida, acompanhamento com assistente social e enfermeiras, sala de amamentação e outras medidas prezam pela qualidade de vida das colaboradoras

Conheça as iniciativas da L’Oréal Brasil para as colaboradoras que são mães

Uma rede de apoio é fundamental para solucionar uma grande preocupação  das mães: conciliar maternidade e carreira. Esse desafio inspirou uma das iniciativas do programa Share&Care, do Grupo L’Oréal, que inclui cuidados e boas práticas com pais e mães. No Brasil, a companhia oferece benefícios como licença maternidade e paternidade  estendidas, auxílio-creche para crianças de até 2 anos, envio de um kit maternidade e acompanhamento de uma assistente social durante toda a gestação e retorno ao ambiente de trabalho. “Entendemos que ter um equilíbrio entre a vida particular e a profissional é de grande importância. A L’Oréal Brasil procura oferecer às nossas mães apoio e parceria no momento da maternidade”, explica Karina Gonçalves, Analista de Benefícios.

Criado em 2013, o Share&Care é uma iniciativa global do Grupo implementada em quase 60 países. Baseado em quatro pilares - equilibrar, cuidar, proteger e desfrutar -, o principal objetivo da iniciativa é estimular práticas de bem-estar e uma melhora na qualidade vida dos colaboradores. “Os pilares do Share&Care buscam criar um ambiente de trabalho de apoio e respeito, onde cada colaborador se sinta protegido, realizado e engajado ao mesmo tempo que seu talento seja desenvolvido”, justifica Karina.

Mães da L’Oréal Brasil recebem apoio durante a gravidez e na volta para o trabalho

No pilar Maternidade/Paternidade, o compromisso da L’Oréal garante licenças estendidas para mães e pais, de 6 meses e 20 dias, respectivamente. Karina conta que a iniciativa tem sido bastante elogiada, pois contribui para a aproximação dos pais entre si e com o bebê. Ewellyn Barbosa, Engenheira de Processos da L’Oréal Brasil, está de licença há 13 dias e conta que essa possibilidade também foi importante para que ela e seu marido, que também é colaborador da companhia, criassem uma conexão com a filha recém-nascida. Ewellyn descobriu a gravidez em meio a sua transferência para a fábrica de São Paulo. Durante todo o processo, teve apoio de sua equipe e gestores. “Sempre respeitaram meus limites e demonstraram preocupação. É como se todo mundo tivesse curtido a gravidez junto comigo”, conta.

Já Patrícia Perin, Gerente de Controles Internos, voltou a trabalhar recentemente após a licença-maternidade e ressalta o apoio que recebeu do Programa Mães&Pais A Bordo. A iniciativa promove encontros semestrais entre as gestantes, além de oferecer apoio de enfermeiras e assistentes sociais do Share&Care. “Eu estava há pouco tempo no Rio de Janeiro, então trocamos informações sobre maternidade, médicos, lugares para fazer exames. Foi um diferencial na minha experiência”, explicou. O objetivo do Programa Mães&Pais A Bordo é monitorar a gestação por meio do acompanhamento mensal de uma equipe de enfermagem, destacando a importância do cuidado pré-natal. Após o parto, é realizado o monitoramento final que avalia o estado geral da mãe e do bebê. Nesse programa podem participar as colaboradoras gestantes, as esposas dos colaboradores e as filhas que estiverem no plano de saúde.

Uma outra iniciativa usufruída pelas mães é a sala de amamentação. Para Patrícia, isso foi fundamental para a transição de amamentação para a mamadeira. “Com isso, a minha adaptação e da minha filha à nova rotina foi bem mais tranquila”. Segundo Karina, esse tipo de preocupação deve ser natural para uma companhia de população jovem e com um grande número de colaboradoras. “Nosso objetivo é sempre dar o máximo de acolhimento às gestantes”. Ewellyn complementa: “O que para mim é sensacional é eu estar saindo tranquila de licença maternidade sabendo que vou voltar e continuar sendo reconhecida pelo meu trabalho”.

Dia das Mães