A excelente reputação da L’Oréal

A L’Oréal fica em primeiro lugar no "quociente de reputação" das empresas.

Os jornais financeiros The Wall Street Journal Europe, Handelsblatt na Alemanha e La Tribune na França acabam de publicar os resultados de uma pesquisa realizada pelo Reputation Institute, uma organização americana, e pelo Harris Interactive, o instituto de pesquisa, sobre a reputação de diversas empresas na Grã Bretanha, Alemanha, França e Norte da Europa. Esta pesquisa está sendo conduzida nos Estados Unidos há 5 anos.

Este ano, o “quociente de reputação” foi usado pela primeira vez na França para avaliar a reputação das empresas. O ranking, que destaca as maiores empresas francesas e internacionais (Danone, Microsoft, Peugeot-Citroën, Carrefour, Air France, etc.), coloca a L’Oréal em primeiro lugar.

A L’Oréal recebeu as notas mais altas em 4 dos 6 critérios de seleção: desempenho financeiro, apelo, visão e liderança, produtos e serviços. A empresa ficou em segundo lugar para recursos humanos e em terceiro para responsabilidade social. Em termos gerais, parece que os europeus – e especialmente os franceses – julgam suas empresas mais severamente do que os americanos. As notas recebidas pelas empresas francesas foram mais baixas do que as de empresas americanas de igual porte. De modo geral, os consumidores em cada país admiram mais as empresas locais: a Porsche ficou em primeiro lugar na Alemanha, Ikea na Suécia, etc.