L’Oréal se une a startup e cria tecnologia para projeto de economia de água nos salões de beleza
Grupo L´Oréal

O protótipo do chuveiro desenvolvido pela suíça GJOSA já está sendo testado em salões de beleza dos Estados Unidos e África do Sul antes de ser lançado em outros locais do mundo

 

L’Oréal se une a startup e cria tecnologia para projeto de economia de água nos salões de beleza
O Grupo L’Oréal se uniu a startup GJOSA para desenvolver uma tecnologia de economia da água: enxaguar o shampoo utilizando apenas 1,5 litros do recurso, 5 vezes menos que o normal. A startup suíça, especializada em tecnologia ambiental, criou um chuveiro com baixo fluxo, que libera apenas 2 litros de água por minuto. Por outro lado, as equipes de inovação da L’Oréal desenvolveram shampoos mais fáceis de serem removidos do cabelo, que são aplicados diretamente pelo equipamento. O resultado do projeto conjunto é uma diminuição de quase 70% do consumo de água e de energia. 

A tecnologia foi desenvolvida para utilização em salões de beleza e está sendo testada em salões nos Estados Unidos e na África do Sul antes de ser lançada em outros locais do mundo. “Resultados iniciais oferecem excelentes perspectivas para uma inovação que reduz visivelmente o consumo de água. Esta tecnologia revolucionária está perfeitamente em linha com os nossos compromissos com a inovação sustentável”, disse Laurent Attal, VP de Pesquisa & Inovação da L’Oréal. 

A gestão da água se tornou uma prioridade e uma questão estratégica para o negócio da L’Oréal - principalmente no cenário em que o consumo mundial está crescendo duas vezes a mais que a população. Além disso, a inovação vem da necessidade dos consumidores de utilizarem os recursos naturais com mais consciência.