Brasil: o Murumuru no centro de uma parceria única

Semente murumuru
Semente murumuru

Em 2013, a L'Oréal Professionnel Brasil lançou sua primeira gama de produtos capilares desenvolvidos no país, a linha Absolut Control, feita com murumuru. A manteiga de murumuru, ativo brasileiro considerado o novo óleo de Argan, possui propriedades emolientes para controlar o volume dos fios e se tornou um ingrediente fundamental para a indústria de cosméticos. A semente da qual esta manteiga é originária é uma das matérias-primas que fornecem uma importante fonte de renda para um grupo de comunidades na região de Bragança, no estado do Pará.

Inovação através de fontes sustentáveis


Em junho de 2012, a L'Oréal Brasil começou a colaborar com essas comunidades através da Beraca (empresa responsável pela extração de ingredientes e fabricação de insumos naturais oriundos da Amazônia e de outros biomas nacionais) e da agência de cooperação alemã GIZ. "Esta foi a primeira vez que estabelecemos um acordo focado em uma região e suas diversas comunidades, ao invés de apenas em um ingrediente", explica Blaise Didillon, Diretor de Pesquisa & Inovação da L´Oréal Brasil.

Neste caso, a questão não é tanto o risco de impactar negativamente a biodiversidade, já que a Astrocaryum murumuru não é uma planta em extinção. Ao invés disso, o objetivo é desenvolver de forma sustentável os recursos naturais de um ecossistema. Em parceria com seu fornecedor, a L'Oréal Brasil assumiu o compromisso de reforçar a capacidade técnica das comunidades envolvidas na coleta do fruto, com novos equipamentos, por exemplo, bem como a promoção de práticas sustentáveis de colheita. A entrega de um secador de sementes, em 2013, por exemplo, ajudou a melhorar a qualidade da produção.

Em um país que é lar para 30% das espécies de plantas do mundo e uma plataforma para oportunidades de inovação interessantes, essa abordagem envolve também outros ingredientes.